sábado, 6 de agosto de 2011

2ª AULA - 3º BIMESTRE (01 a 05 de Agosto)

INDIVIDUALIDADE X COLETIVIDADE

 
Coletividade é a essência da sociedade. Uma coleção de várias pessoas que compartilham certas características, interagem uns com os outros, aceitam direitos e obrigações como sócios do grupo compartilhando uma identidade comum, vivenciam uma coletividade, que se expressa em pensamentos ou ações gerando um sentimento de pertencimento.
Individualidade é um conjunto de traços característicos que distinguem um ser humano do outro conferindo unicidade (qualidades únicas).
Conceitos básicos para a compreensão da relação - Individualidade X Coletividade:
a) Alienação;
b) Coerção Social;
c) Ideologia;
d) Barreiras Sociais;
e) Cultura;
f) Etnocentrismo;
g) Status Social;

a) Alienação: é o desconhecimento das condições histórico-sociais concretas em que vivemos, produzidas pela ação humana também sob o peso de outras condições históricas anteriores e determinadas. Há uma dupla alienação: por um lado, os homens não se reconhecem como agentes e autores da vida social com suas instituições, mas, por outro lado e ao mesmo tempo, julgam-se indivíduos plenamente livres, capazes de mudar suas vidas individuais como e quando quiserem, apesar das instituições sociais e das condições históricas. No primeiro caso, não percebem que instituem a sociedade: no segundo caso, ignoram que a sociedade instituída determina seus pensamentos e ações. A alienação massifica o indivíduo que passa a pertencer a massa e não a si mesmo, perdendo assim a sua identidade e personalidade. 
Por exemplo, quando alguém diz que uma pessoa é pobre porque quer, porque é preguiçosa, ou ignorante, está imaginando que somos o que somos somente por nossa vontade, como se a organização e a estrutura da sociedade, da economia, da política não tivesse qualquer peso sobre nossas vidas. A mesma coisa acontece quando alguém diz ser pobre “pela vontade de Deus” e não por causas das condições concretas em que vive. Ou quando faz uma afirmação racista, segundo a qual “a Natureza fez alguns superiores e outros inferiores”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário