terça-feira, 9 de novembro de 2010

TRIBOS URBANAS

TRIBOS URBANAS
Tribo jovem ou tribo urbana é o nome dado a um grupo de pessoas com hábitos, valores culturais, estilos musicais e/ou ideologias políticas semelhantes. Algumas tribos são alternativas à ordem social baseada na organização familiar, outras são apenas nomes genéricos dados a determinados grupos de pessoas. Tribos jovens são mais comuns em grandes metrópoles, por esse motivo são chamadas de tribos urbanas.
A ideia de tribo urbana é comumente usada para descrever grupos de jovens que buscam se diferenciar tendo por base uma referência de grupo. Tal cultura inclui roupas, acessórios, músicas e gírias específicas para cada grupo. Filósofos, como Michel Maffesoli, e antropólogos, como José Guilherme Magnani, analisaram o fenômeno, que parece tomar uma importância crescente nos tempos atuais. As tribos que frequentam as grandes cidades contemporâneas (emos, punks, skinheads, rastafaris, hip-hoppers e tantas outras) geralmente associam-se a referências culturais cada vez mais globalizadas. Tais tribos são crescentemente exploradas pelas grandes empresas ligadas à chamada indústria cultural, que fazem fortunas reproduzindo e vendendo as preferências desses grupos. As indústrias fonográfica e da moda, só para citar duas, movimentam bilhões de reais ao redor do mundo buscando uma identificação com os gostos e preferências desses jovens. Esse aspecto comercial ajuda a explicar a crescente exposição dessas tribos na grande mídia. Elas não são um fenômeno inteiramente novo. Desde o fim do século XIX, não por coincidência quando consolidaram-se as grandes cidades industriais na Europa, tais fenômenos se multiplicam ao redor do mundo. A confluência da rebeldia jovem com o mercado de consumo explodiu após o fim da II Guerra Mundial, quando o desenvolvimento do rock and roll mostrou que havia uma multidão de pessoas frustradas com um modo de vida que havia levado o planeta a uma destruição sem precedentes na história humana – e com um prognóstico preocupante, diante do perigo atômico. Música, moda e comportamento foram alterados e influenciados pelo consumo cultural. Nos anos 1960, ídolos jovens como Beatles e Rolling Stones (e a ideia de rebeldia a eles associada) criaram de vez um padrão com o qual nos acostumamos até hoje: ondas sucessivas de novos estilos, que dão origem a bandas, roupas, acessórios e uma série de produtos identificados com a “nova onda”.
Toda Tribo Urbana:
É um Grupo Social, portanto guarda características próprias dos grupos sociais que estudamos em sala (Doutores da alegria, turmas da escola, grupo familiar e de amigos, etc.).
Nasce a partir de um conflito (que revela interesses divergentes nas relações sociais).
Está baseada em perspectivas de mudanças ou conservações sociais.
São constituídas de Projeto (proposta, desejo, intenção), Ideologia (neste caso vamos trabalhar com o conceito de “visão de mundo) e Organização (estrutura hierárquica)
ATIVIDADE
Criar uma “Tribo Urbana” baseada em princípios éticos, considerando todas as características que identificam uma tribo urbana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário